Papa exorta Fundação “Centesimus Annus” a combater pobreza e desemprego juvenil

Evento aborda o tema “A iniciativa empresarial na luta contra a pobreza”

Papa exorta Fundação Centesimus Annus a combater pobreza e desemprego juvenil 14.05.16

O papa Francisco recebeu nesta sexta-feira, 13, cerca de 300 participantes da Conferência Internacional da Fundação “Centesimus Annus – pro Pontifice”. O tema do encontro, que seguirá até amanhã, 14, é “A iniciativa empresarial na luta contra a pobreza. Emergência e refugiados, o nosso desafio”.

Em seu discurso, Francisco partiu do tema abordado pela Conferência em relação à contribuição da comunidade internacional na luta contra a pobreza e fez referência particular à atual crise dos refugiados. “A crise dos refugiados, cujas proporções estão aumentando dia a dia, é uma daquelas à qual me sinto bastante próximo. Na minha visita à Ilha de Lesbos fui testemunha das tristes experiências de sofrimento humano, sobretudo das famílias e das crianças. Por isso, a comunidade internacional é convidada a dar respostas políticas, sociais e econômicas a tais dramas que ultrapassam os confins nacionais e continentais”, disse o papa.

O papa frisou ainda que a luta contra a pobreza não é somente um problema econômico, mas sobretudo moral, que apela a uma solidariedade global e ao desenvolvimento das populações. Para ele, a atividade econômica deve estar a serviço da pessoa humana e do bem comum. “Uma economia de exclusão e de iniquidade levou a um grande número de pessoas deserdadas e descartadas como improdutivas e inúteis. Seus efeitos são percebidos até nas sociedades mais desenvolvidas, onde o crescimento da pobreza e da decadência social representam uma série de ameaças às famílias e aos jovens”, enfatizou.

Ao finalizar, o papa tratou sobre o índice de desemprego juvenil, afirmando que o mesmo deve ser enfrentado com urgência e como uma verdadeira epidemia social, e expressou a esperança de que a Conferência possa contribuir para gerar novos modelos de progresso econômico orientados para o bem comum, a inclusão e o desenvolvimento integral. “A sua vocação é servir a dignidade humana, a construção de um mundo mais solidário e a civilização do amor, que abraça a justiça e a paz”.

CNBB

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: