Ano da Misericórdia: Bispos latino-americanos lançam campanha pró-vida

O Departamento de Família, Vida e Juventude do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM) iniciou uma campanha em todo o continente a fim de promover o Projeto Esperança, que busca acolher e acompanhar mulheres e homens que passam pela experiência de perder um filho antes de nascer, especialmente por um aborto provocado, e que depois sofrem as consequências.

A campanha do CELAM tem um pôster com a informação do Projeto Esperança e uma imagem da famosa escultura pós-aborto do eslovaco Martin Hudacek.

Ano da Misericórdia Bispos latino americanos lançam campanha pró vida 24.05.16

Afiche de la campaña Proyecto Esperanza incluye imagen de famosa escultura post aborto http://bit.ly/1OECrDV

Dom Rubén González Medina, presidente do Departamento Família, Vida e Juventude do CELAM, e o Secretário Executivo, Pe. Antonio José Velásquez, anunciaram a campanha recentemente aos bispos e responsáveis pela área Família e Vida nos distintos países da América Latina e Caribe.

“Uma boa maneira de celebrar o Ano Jubilar da Misericórdia convocado pelo Papa Francisco é ajudando as pessoas que sofrem as terríveis consequências do aborto a encontrar a paz. Muitas vezes reconhecem a gravidade da falta cometida e imploram o perdão de Deus, mas elas não se sentem dignas de receber o seu perdão, sem abrir-se à misericórdia e continuam fechadas na dor por não aceitar essa Graça”, detalharam.

Com esta campanha, sugerem colocar o pôster nas paróquias “e deixar que o Espírito Santo toque os corações das pessoas que o vejam. A imagem é muito comovedora”.

Dom González e Pe. Velázquez recomendam o acompanhamento pastoral pós-aborto para ajudar “as outras vítimas do aborto”, pois isso “é uma grande ajuda e algo libertador”.

A Diretora do Projeto Esperança, Elizabeth Bunster, explicou que “a campanha chegará não só às pessoas que já sofreram a experiência do aborto, mas também sensibilizará o público em geral sobre a necessidade de proteger tanto a mãe como a criança por nascer do flagelo do aborto”.

Além disso, recordou que neste Ano da Misericórdia “a Igreja na América Latina enfatiza a importância de oferecer ajuda pós-aborto e também faz um apelo a fim de acompanhar com ternura e solidariedade as mulheres grávidas que estão passando por dificuldades para que continuem a sua gestação com dignidade”.

Finalmente, Bunster anima as pessoas a baixar a imagem do pôster e pedir ao seu pároco que seja colocada em sua paróquia: http://4life4family.org/latinamericacampaign

O Projeto Esperança, nasceu no Chile em 1999 com o apoio do movimento Schoenstatt, o qual estava encarregado de capacitar agentes de pastoral em diversas dioceses e conferências episcopais da América Latina e do Caribe, a fim de acolher e acompanhar com misericórdia as outras vítimas do aborto.

Do mesmo modo, este projeto está inspirado no trabalho que realiza o Projeto Raquel nos Estados Unidos, fundado 1985 por Vicki Thorn, em Milwaukee.

ACI Digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: