Ano da Misericórdia: Bispos latino-americanos lançam campanha pró-vida

O Departamento de Família, Vida e Juventude do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM) iniciou uma campanha em todo o continente a fim de promover o Projeto Esperança, que busca acolher e acompanhar mulheres e homens que passam pela experiência de perder um filho antes de nascer, especialmente por um aborto provocado, e que depois sofrem as consequências.

A campanha do CELAM tem um pôster com a informação do Projeto Esperança e uma imagem da famosa escultura pós-aborto do eslovaco Martin Hudacek.

Ano da Misericórdia Bispos latino americanos lançam campanha pró vida 24.05.16

Afiche de la campaña Proyecto Esperanza incluye imagen de famosa escultura post aborto http://bit.ly/1OECrDV

Dom Rubén González Medina, presidente do Departamento Família, Vida e Juventude do CELAM, e o Secretário Executivo, Pe. Antonio José Velásquez, anunciaram a campanha recentemente aos bispos e responsáveis pela área Família e Vida nos distintos países da América Latina e Caribe.

“Uma boa maneira de celebrar o Ano Jubilar da Misericórdia convocado pelo Papa Francisco é ajudando as pessoas que sofrem as terríveis consequências do aborto a encontrar a paz. Muitas vezes reconhecem a gravidade da falta cometida e imploram o perdão de Deus, mas elas não se sentem dignas de receber o seu perdão, sem abrir-se à misericórdia e continuam fechadas na dor por não aceitar essa Graça”, detalharam.

Com esta campanha, sugerem colocar o pôster nas paróquias “e deixar que o Espírito Santo toque os corações das pessoas que o vejam. A imagem é muito comovedora”.

Dom González e Pe. Velázquez recomendam o acompanhamento pastoral pós-aborto para ajudar “as outras vítimas do aborto”, pois isso “é uma grande ajuda e algo libertador”.

A Diretora do Projeto Esperança, Elizabeth Bunster, explicou que “a campanha chegará não só às pessoas que já sofreram a experiência do aborto, mas também sensibilizará o público em geral sobre a necessidade de proteger tanto a mãe como a criança por nascer do flagelo do aborto”.

Além disso, recordou que neste Ano da Misericórdia “a Igreja na América Latina enfatiza a importância de oferecer ajuda pós-aborto e também faz um apelo a fim de acompanhar com ternura e solidariedade as mulheres grávidas que estão passando por dificuldades para que continuem a sua gestação com dignidade”.

Finalmente, Bunster anima as pessoas a baixar a imagem do pôster e pedir ao seu pároco que seja colocada em sua paróquia: http://4life4family.org/latinamericacampaign

O Projeto Esperança, nasceu no Chile em 1999 com o apoio do movimento Schoenstatt, o qual estava encarregado de capacitar agentes de pastoral em diversas dioceses e conferências episcopais da América Latina e do Caribe, a fim de acolher e acompanhar com misericórdia as outras vítimas do aborto.

Do mesmo modo, este projeto está inspirado no trabalho que realiza o Projeto Raquel nos Estados Unidos, fundado 1985 por Vicki Thorn, em Milwaukee.

ACI Digital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: