Arcebispo do Rio de Janeiro ficou preso em meio a tiroteio

Durante um ataque a UPP dos Morros Fallet/Fogueteiro, em Santa Teresa, Dom Orani João Tempesta permaneceu dez minutos ao abrigo dos disparos

Arcebispo do Rio de Janeiro ficou preso em meio a tiroteio 11.06.16

Foto: ArqRio/José Alves (Zezão)

Na manhã da sexta-feira, 10 de junho – segundo informou a Arquidiocese do Rio de Janeiro – voltando do Santuário Cristo Redentor, o arcebispo da Arquidiocese, o Cardeal Orani João Tempesta, foi surpreendido por um tiroteio, durante um ataque a UPP dos Morros Fallet/Fogueteiro, em Santa Teresa.

O Cardeal permaneceu cerca de dez minutos ao abrigo dos disparos, até poder seguir para o aeroporto: “(Estava) voltando do (Cristo) Redentor e indo para o aeroporto. Junto com muitos outros passageiros de ônibus e outros veículos. Ficamos uns dez minutos. Quando amainou um pouco, demos marcha a ré e pegamos outra rua. Os ônibus à frente continuaram parados. Não sei como terminou”, disse Dom Orani. (Com informações ArqRio)

Zenit

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: