Arcebispo do Rio de Janeiro ficou preso em meio a tiroteio

Durante um ataque a UPP dos Morros Fallet/Fogueteiro, em Santa Teresa, Dom Orani João Tempesta permaneceu dez minutos ao abrigo dos disparos

Arcebispo do Rio de Janeiro ficou preso em meio a tiroteio 11.06.16

Foto: ArqRio/José Alves (Zezão)

Na manhã da sexta-feira, 10 de junho – segundo informou a Arquidiocese do Rio de Janeiro – voltando do Santuário Cristo Redentor, o arcebispo da Arquidiocese, o Cardeal Orani João Tempesta, foi surpreendido por um tiroteio, durante um ataque a UPP dos Morros Fallet/Fogueteiro, em Santa Teresa.

O Cardeal permaneceu cerca de dez minutos ao abrigo dos disparos, até poder seguir para o aeroporto: “(Estava) voltando do (Cristo) Redentor e indo para o aeroporto. Junto com muitos outros passageiros de ônibus e outros veículos. Ficamos uns dez minutos. Quando amainou um pouco, demos marcha a ré e pegamos outra rua. Os ônibus à frente continuaram parados. Não sei como terminou”, disse Dom Orani. (Com informações ArqRio)

Zenit

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: