Bento XVI faz 65 anos de padre e comemora com Francisco

Cerimônia reuniu Bento XVI, Francisco e o colégio cardinalício para comemorar os 65 anos de vida sacerdotal do Papa Emérito

Bento XVI faz 65 anos de padre e comemora com Francisco 28.06.16 A

Bento XVI recebe homenagem em seus 65 anos de padre / Foto: Reprodução CTV

O Papa Francisco e o Papa Emérito Bento XVI mais uma vez juntos no Vaticano. Na manhã desta terça-feira, 28, Francisco participou das celebrações pelos 65 anos de sacerdócio de Bento XVI, que por quase oito anos esteve à frente da Igreja católica. A cerimônia reuniu o colégio cardinalício (assista à celebração completa ao final da matéria)

Francisco fez uma breve saudação destacando a característica central do sacerdócio de Bento XVI: o amor intenso a Deus, tendo o olhar e o coração dirigidos a Ele. “O senhor, santidade, continua a servir a Igreja, não deixa de contribuir verdadeiramente com vigor e sabedoria para o seu crescimento, e faz isso daquele pequeno mosteiro Mater Ecclesiae no Vaticano”.

O Papa desejou a Bento XVI que ele continue sentindo a mão de Deus misericordioso em sua vida, que possa experimentar e testemunhar para todos o amor de Deus. “Que, com Pedro e Paulo, possa continuar a exultar de grande alegria enquanto caminha rumo à meta da fé”, concluiu Francisco.

Palavras de Bento XVI

Bento XVI faz 65 anos de padre e comemora com Francisco 28.06.16 B

Bento XVI diz palavras de agradecimento na cerimônia / Foto: Reprodução CTV

Interrompendo por alguns instantes a vida de recolhimento, silêncio e oração que leva desde que renunciou ao papado em fevereiro de 2013, Bento XVI disse algumas palavras na celebração a ele dedicada. E foram palavras de agradecimento.

“Obrigado sobretudo ao senhor, Santo Padre: a sua bondade, desde o primeiro momento da eleição, em todos os momentos da minha vida aqui (…) a sua bondade é o lugar onde habito: sinto-me protegido. Obrigado também pela palavra de agradecimento, por tudo. E esperamos que o senhor possa ir adiante com todos nós nesta via da Divina Misericórdia, mostrando o caminho de Deus, a Jesus, a Deus”.

Bento XVI também agradeceu as palavras a ele dirigidas pelo prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, Cardeal Gerhard Muller, e pelo decano (mais velho) do colégio cardinalício, Cardeal Angelo Sodano. E por fim, inseriu todos em um grande “obrigado” a Deus.

“Assim, vamos receber realmente a novidade da vida e ajudar para a transubstanciação do mundo: que seja um mundo não de morte, mas de vida; um mundo no qual o amor venceu a morte. Obrigado a todos vocês. O Senhor nos abençoe”, finalizou o Papa Emérito.

Após os discursos, Bento XVI e Francisco receberam os cumprimentos dos cardeais que estavam presentes na celebração. E o Papa Emérito volta para o Mosteiro Mater Ecclesiae, no Vaticano. É lá que ele reside e leva uma vida de recolhimento, com raras aparições públicas, desde que renunciou ao papado, no dia 28 de fevereiro de 2013.

Canção Nova / Jéssica Marçal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: