Sobre a amizade

reti

No decorrer de nossa existência colecionamos coisas, sentimentos ou pessoas. Guardamos o que tem valor e, infelizmente, o que não tem, mas nesse texto não iremos falar das coisas ruins, vamos nos concentrar no que realmente importa. Nas coisas que aquecem o coração e nos movem dando sentido à vida. Falemos um pouco dos amigos, aquelas pessoas em quem confiamos e que fazem parte da nossa história. Amigos são dádivas de Deus, sejam eles nossos pais, irmãos ou aqueles que encontramos na estrada da vida.

Como já disse, amigos são dádivas, bênçãos se preferir, e como as verdadeiras bênçãos só podem vir de Deus, encontramos trechos narrados na Escritura Sagrada de como Deus quer que as amizades sejam construídas. Em Eclesiástico o autor explica que:

“Um amigo fiel é uma poderosa proteção: quem o achou descobriu um tesouro. E nada é comparável a um amigo fiel; o ouro e a prata não merecem ser postos em paralelo com a sinceridade de sua fé. Um amigo fiel é um remédio de vida e imortalidade; quem teme ao Senhor achará esse amigo. Quem teme ao Senhor terá também uma excelente amizade, pois seu amigo lhe será semelhante” (Ecle 6, 14-17).

Na verdade gosto de dizer: quem ama ao Senhor faz sua vontade ou trabalha para um dia conseguir fazer. Então, amando o pai amaremos também aos filhos, que são postos em nossas vidas para nos ensinar a viver a caridade que é o amor revelado em favor do próximo. É agradável a Deus que seus filhos cultivem uns pelos outros um amor fraterno. E por isso, Jesus disse aos seus discípulos: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 13, 34). O amor nos conduz à amizade, a relacionamentos maduros e profundos. Esse amadurecimento nos relacionamentos de amizades só pode ser conquistado com a presença de Deus.

Ao contrário do que o Senhor espera dos relacionamentos humanos, a amizade do mundo não admite falhas ou discordâncias. E quando isso acontece elas acabam, porque nesses relacionamentos não existe perdão e quando o outro erra, logo é descartado e substituído. Um erro apaga todo o passado, todo bem que aconteceu é esquecido. Em um relacionamento que existe a presença de Deus, a sua Palavra é uma regra de sustentação para a amizade. Então, quem ama busca o perdão, porque busca cultivar o que é de Deus.

Ailane Martins

Membro Comprometido – Comunidade Mãe Imaculada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: