Jesus cura as nossas paralisias

Ao vislumbrar a missão de Jesus, percebe-se que o Senhor, sempre atuou, fazendo uso de diversos instrumentos evangelizadores, dentre os quais, a cura das enfermidades, do corpo, da alma e do coração. Os Evangelhos mostram claramente que ele agiu dessa forma em muitos momentos, mostrando que não há seguimento eficaz, se o homem não se deixar tocar pelo Senhor no profundo de sua alma e dessa forma, ser curado de suas “paralisias”.

curaEssa paralisia pode ser conceituada como a paralisia da alma, que é um estado ao qual se atinge quando não se deixa ser conduzir pelo Espírito Santo. Por causa da falta de entrega a Deus, a fé começa a ser minada, o amor a Deus e ao próximo esfria e os temperamentos ficam abalados, assim, a pessoa fica imersa no seu próprio pecado, nutrindo uma vida desregrada.

A cura que o Senhor proporciona, devolve à pessoa sua dignidade enquanto filho de Deus. Ao vislumbrar as Sagradas Escrituras, percebe-se que na ocasião do derramamento de sua graça, Jesus não curava só o físico, mas a alma onde se encontra a verdadeira enfermidade, às vezes tão sedimentada ao ponto de paralisar o homem.

“Há em Jerusalém, junto à porta das Ovelhas, um tanque, chamado em hebraico Betesda, que tem cinco pórticos. Nestes pórticos jazia um grande número de enfermos, de cegos, de coxos e de paralíticos, que esperavam o movimento da água. [Pois de tempos em tempos um anjo do Senhor descia ao tanque e a água se punha em movimento. E o primeiro que entrasse no tanque, depois da agitação da água, ficava curado de qualquer doença que tivesse]. Estava ali um homem enfermo havia trinta e oito anos. Vendo-o deitado e sabendo que já havia muito tempo que estava enfermo, perguntou-lhe Jesus: Queres ficar curado? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; enquanto vou, já outro desceu antes de mim. Ordenou-lhe Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda. No mesmo instante, aquele homem ficou curado, tomou o seu leito e foi andando…” (Jo 5,1-8)

A condição desse enfermo era de extrema necessidade, como narram as Sagradas Escrituras. Sendo ele um indivíduo subjugado por uma enfermidade há trinta e oito anos, pode-se dizer que a sua doença o feriu, não só no corpo, mas na alma, uma vez que ele se sujeitou estar ali, esperando um milagre, mas até isso, para ele, era impossível, porque a sua condição física, não o favorecia para chegar ao momento exato em que a água era agitada pelo anjo que poderia proporcionar a sua cura. Entretanto, Jesus o encontra e por meio da cura, o Senhor devolve a sua dignidade.

O seu coração volta a bater no compasso da vida, toma a sua cama e vai para casa de pé, gesto dos filhos de Deus – de pé – como um filho do céu.

Quantas pessoas estão prostradas nos leitos de sua existência, paralisadas por seus pecados que cauterizou o amor de Deus no seu coração e que estão como esse paralítico à espera de um milagre? Mas, Jesus vai ao encontro de cada pessoa, cura, resgata, liberta e o devolve a liberdade de filho de Deus, pondo-o de pé.

Levar a sua cama significa carregar e aceitar a condição de ser humano limitado. A cama é o símbolo dessa fraqueza que está na nossa alma, mas nela contém uma graça, de saber que o cristão pode contar com Jesus para vencer as paralisias da alma, imposta pelo pecado.

O Senhor continua nossos dias agindo assim, basta que abramos o nosso coração e clamemos pela sua presença como o cego Bartimeu, que gritou e foi ouvido, por isso, não desistamos de lutar, pois Deus não desistiu dos seus filhos.

Deixemos nos envolver com a presença do Senhor que cura as nossas paralisias e permitindo que ele nos levante com a sua graça.

Francisco Ribeiro Alves

Missionário – Comunidade Mãe Imaculada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: