Dez conselhos que o catequista deve seguir para viver bem a sua vocação

  1. vovcatequista deve ter uma espiritualidade profunda de adesão a Jesus Cristo e à Igreja. Deve testemunhar por sua vida, seu compromisso com Cristo, a Igreja e sua comunidade. Deve ser uma pessoa de oração e alimentar sua vida com a Palavra de Deus;
    2. O catequista deve sorrir ao encontrar seus catequizando e executar sua tarefa com alegria e não encarar os encontros de catequese como um fardo e ser carregado;
    3. Se no primeiro contratempo que aparecer você desistir, é melhor nem começar. A catequese, assim como qualquer outra atividade, apresenta situações difíceis. Mas que graça teria a missão de um catequista se tudo fosse muito fácil? Seja insistente e que sua teimosia lhe permita continuar nesta missão e não abandonar a responsabilidade na primeira situação adversa;
    4. O catequista é alguém que dever ter sempre uma atitude de animador. Saber ouvir e dialogar, caminhando junto com a comunidade;
    5. O catequista deve conhecer a fundo a mensagem que vai transmitir. Deve conhecer a Bíblia e saber interpretá-la; deve saber ligar a vida à Palavra de Deus e vice-versa;
    6. O catequista precisa ter ou desenvolver algumas qualidades como saber trabalhar em equipe, ter liderança e ser criativo, ser uma pessoa responsável e perseverante, ter responsabilidade e pontualidade, ter amor aos catequizandos e sentir dentro de si a vocação de catequista.
    7. O catequista deve cuidar constantemente da sua formação. Nunca pode dizer que está pronto para sua tarefa. É necessário uma formação permanente: através de dias de encontro, reflexão e oração com os catequistas da sua comunidade, planejando e programando junto com os outros, participando de cursos dentro da própria comunidade ou paróquia, lendo bastante, atualizando-se sempre, estudando os documentos da Igreja sobre catequese e outros assuntos atuais;
    8. Frequente a missa, cuide de seus atos fora da Igreja, dê testemunho prático de tudo que transmite aos seus catequizandos.;
    9. O catequista deve ser acolhedor, reservar um tempo para ouvir os catequizandos, procurar conhecer suas realidades cotidianas, pois assim as orientações sobre a fé ficam mais fáceis de ser transmitidas quando baseadas na realidade deles;
    10. O catequista tem a missão de engajar os catequizandos na vida de comunidade.  Essa missão deve ser desenvolvida por meio da motivação, destacando os dons e talentos de cada um e apresentado os trabalhos pastorais e comunitários, mostrando a eles, a necessidade de dar continuidade ao projeto de Deus para vida de cada cristão.

Marilia Ribeiro/A12

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: