Bispo enfatiza importância do mês da Bíblia

Dom Peruzzo afirma que setembro é mês de salientar o que nunca deveria perder destaque

dom-jose-antonio-peruzzo-13-09-16Em setembro, a Igreja no Brasil celebra o Mês da Bíblia. Com o tema “Para que n´Ele nossos povos tenham vida” e o lema “Praticar a justiça, amar a misericórdia e caminhar com Deus (cf. Mq 6, 8)”, é proposto como objeto de estudo o livro do profeta Miqueias.

“Este é o mês de salientarmos mais aquilo que nunca deveria perder o destaque”, afirma o arcebispo de Curitiba e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom José Antônio Peruzzo.

Para dom José Antônio Peruzzo, os problemas, as dificuldades e as inquietações do tempo do profeta Miqueias têm “muitos pontos de encontros” com a realidade atual. Corrupção, falta de paz, a busca a Deus por interesse, a opressão, a concentração da renda e o tipo de dominação de toda natureza foram sinais que fizeram o profeta levantar a sua voz.

“É impressionante quantos são numerosos os pontos de diálogo entre experiência de ontem e esperança de ontem, experiência de hoje e esperança de hoje, e o profeta”, disse o arcebispo ao recomendar a leitura do livro.

Lema

“Praticar a justiça, amar a misericórdia e caminhar com Deus (cf. Mq 6, 8)” foi o trecho do livro do profeta Miqueias escolhido como lema para este Mês da Bíblia. A frase é considerada uma síntese da mensagem contida na profecia.

“O profeta Miquéias toca em muitos temas, porque no seu tempo a diversidade problemática também era grande, mas a justiça, a misericórdia e a fidelidade é o que Deus esperava de seu povo, são como que três grandes eixos que unificam a inteireza do livro”, explica Dom Peruzzo.

Subsídios

Para auxiliar comunidades, paróquias e dioceses, a Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB produziu três subsídios para a celebração do Mês da Bíblia. Estão disponíveis nas Edições CNBB o Texto-Base, o livro de Encontros Bíblicos e o cartaz do Mês da Bíblia.

O Texto-Base foi preparado pelo professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e especialista em profetismo, padre Cássio Murilo Dias da Silva. O subsídio apresenta informações a respeito do profetismo e dos profetas de Israel, além da contextualização social e religiosa da época do profeta Miqueias.

Após estas indicações, há a reflexão e proposta de estudo sobre a releitura da profecia no Novo Testamento e a atualização da pregação do profeta em tela nos dias atuais. “Não é apenas uma questão de estudo acadêmico, mas a busca sincera e singela de aproximar Miqueias dos seus leitores de hoje”, destacou Dom Peruzzo.

O roteiro de “Encontro Bíblicos” oferece cinco celebrações para a vivência em grupo, além de sugestões de cantos para estes momentos. Para Dom Peruzzo, o material foi feito para a oração em grupos e em pequenas comunidades. “É para que conhecendo o Senhor, pela sua Palavra como homens e mulheres de fé queiramos ir ao seu encontro, acolhendo o modo que o profeta Miqueias propôs como caminho de fidelidade, digamos que é uma espécie de palavra humana de Deus para oferecer linguagem humana àqueles que querem ir ao encontro dele”, disse.

Os subsídios estão disponíveis no site http://www.edicoescnbb.com.br

Mês da Bíblia

A motivação para a celebração do Mês da Bíblia vem do fato de a Igreja celebrar, em 30 de setembro, a memória de São Jerônimo (347-420), responsável por traduzir a Bíblia dos originais (hebraico e grego) para o latim. No Brasil, o mês da Bíblia foi criado em 1971. Assumido pela CNBB nos anos seguintes, ganhou alcance nacional.

Canção Nova

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: