Jovens, não tenhais medo de ser santo!

dinamicas-para-jovens-da-igrejaPara a maioria das pessoas a santidade hoje parece um tema fora da realidade, pois o comum é apoiar as causas aparentemente boas, mas injustas como, por exemplo, o aborto ou a legalização da maconha, sob uma bandeira de “boa ação” alguns grupos tentam mostrar que o mal é um bem, quando na realidade não é. Algumas práticas e discussões fazem muitos crerem que não vale mais a pena lutar pela santidade, isso parece distante dos ideais das pessoas. Ás vezes temos a impressão que o certo é errado e o honesto é o bobo da história, isso acontece porque o mundo vive os contra valores cristãos. Para muitas pessoas o interessante é levar vantagem, furar a fila, mentir, enganar. Quem não entra nessa linha de pensamento parece ser anormal e fora do padrão…

Na 15ª Jornada Mundial da Juventude em 2000, o Papa (e agora santo) João Paulo II falou assim aos jovens:

“Caros jovens, tende a santa ambição de ser santos, como Ele é santo! Perguntar-me-eis: mas é possível ser santo hoje? Se o caminho é árduo, tudo porém podemos n’Aquele que é o nosso Redentor. Por isso, não vos dirijais a outros senão a Jesus. Jovens de todos os continentes, não tenhais medo de ser os santos do novo milênio! Sede contemplativos e amantes da oração, coerentes com a vossa fé e generosos no serviço aos irmãos, membros vivos da Igreja e artífices de paz”.

O papa e agora santo desafiou os jovens a viverem a santidade e ainda alertou sobre o medo de ser santo. Sim, é isso! Existe um medo de ser santo, isto porque aquele que busca a santidade tem que enfrentar muitas barreiras, tem que renunciar ao pecado, denunciar a hipocrisia, clamar pela justiça e isso não é fácil.

Tempos depois, talvez não no intuito de completar as palavras do antecessor, mas movido pelo mesmo Espírito, num sentido de fazer os católicos compreenderem o que se passa ao seu redor, o Papa Bento XVI, diz o seguinte:

“O católico de hoje tem que estar preparado para o martírio. Não o martírio do derramamento de sangue, mas o martírio da ridicularização”. (Bento XVI)

E esse martírio tem sido realidade na vida de muitos jovens, quando tentam viver os preceitos evangélicos. O mundo os julga “ridículos”, quando não optam pelas drogas, quando decidem viver a castidade e tantas outras coisas.  Não nos deixemos enganar, tenhamos “a ambição de ser santo”. O mundo vai tentar nos seduzir com seus enganos, tentando mostrar que podemos deixar para depois. Mas, não! O tempo de viver a santidade é agora! A conversão é pra hoje! Deus sempre pediu a santidade do povo e sempre irá desejá-la.

Vós vos santificareis e sereis santos, porque eu sou santo (Lev 11, 44)

O nosso Deus é santo e espera que também desejemos a santidade. Assim como o Beato Pier Giorgio e Santa Maria Goretti (santos jovens), dediquemos nossa juventude a Deus.

“Joguem a vida por grandes ideais. Apostem em grandes ideais, em coisas grandes; não fomos escolhidos pelo Senhor para ‘coisinhas pequenas’, mas para coisas grandes!”(Papa Francisco).
Ouçamos a voz de Deus que nos fala através dos papas e não tenhamos receio de gritar ao mundo que somos de Deus e não temos medo de ser santo!

São João Paulo II, rogai por todos os jovens! Amém!

 Macileide Passos Alves

(Missionária – Comunidade Mãe Imaculada)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: