Dom Sergio da Rocha será criado cardeal

Consistório será realizado na véspera de conclusão do Ano Santo da Misericórdia

O papa Francisco anunciou na manhã deste domingo, 9,  a realização de um consistório para a criação de novos cardeais. O Brasil foi contemplado com a escolha do arcebispo de Brasília (DF) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Sergio da Rocha. A celebração acontece na véspera do fechamento da Porta Santa da Misericórdia.

card“Com alegria, anuncio que sábado, 19 de novembro, na véspera do fechamento da Porta Santa da Misericórdia, realizarei um Consistório para nomear 13 novos cardeais, de cinco continentes. Sua proveniência, de 11 nações, expressa a universalidade da Igreja que anuncia e testemunha a Boa Nova da Misericórdia de Deus em todos os cantos da terra. A inclusão dos novos cardeais na diocese de Roma manifesta também a inseparável relação existente entre a Sé de Pedro e as Igrejas particulares ao redor do mundo”, disse o papa.

No domingo, 20 de novembro, Solenidade de Cristo Rei, conclusão do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, o papa concelebrará a Missa com os novos cardeais, com o Colégio Cardinalício, os arcebispos, bispos e presbíteros.

Serviço Pastoral

Aos membros do Colégio Cardinalício, o papa ainda decidiu unir dois arcebispos e um bispo, eméritos, que se destacaram em seu serviço pastoral, e um presbítero que deu claro testemunho cristão. “Eles representam muitos bispos e sacerdotes que em toda a Igreja edificam o povo de Deus, anunciando o amor misericordioso de Deus no cuidado cotidiano do rebanho do Senhor e na confissão de fé”, explicou Francisco.

 São os novos cardeais:

Dom Mario Zenari, núncio apostólico Síria;

Dom Dieudonné Nzapalainga, C.S.Sp., arcebispo de Bangui (República Centro-africana);

Dom Carlos Osoro Sierra, arcebispo de Madri (Espanha);

Dom Sergio da Rocha, arcebispo de Brasília (Brasil);

Dom Blase J. Cupich, arcebispo de Chicago (EUA);

Dom Patrick D’Rozario, C.S.C., arcebispo de Daca (Bangladesh);

Dom Baltazar Enrique Porras Cardozo, arcebispo de Mérida (Venezuela);

Dom Jozef De Kesel, arcebispo de Malines-Bruxelas (Bélgica);

Dom Maurice Piat, arcebispo de Port Louis (Ilhas Maurício);

Dom Kevin Joseph Farrell, prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida (EUA);

Dom Carlos Aguiar Retes, arcebispo de Tlalnepantla (México);

Dom John Ribat, M.S.C., arcebispo de Port Moresby (Papua Nova Guiné);

Dom Joseph William Tobin, C.SS.R., arcebispo de Indianapolis (EUA).

Os arcebispos e bipo eméritos e o presbíteros escolhidos pelo papa são:

Dom Anthony Soter Fernandez, Arcebispo Emérito dei Kuala Lumpur (Malásia);

Dom Renato Corti, Arcebispo Emérito de Novara (Italia);

Dom Sebastian Koto Khoarai, O.M.I, Bispo Emérito de Mohale’s Hoek (Lesoto);

Padre Ernest Simoni, Presbítero da Arquidiocese de Shkodrë-Pult (Scutari – Albânia).

CNBB

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: