Finados: Papa, a esperança da ressurreição não decepciona

O Papa Francisco presidiu, no Dia de Finados, a Santa Missa no Cemitério de Prima Porta, na periferia de Roma.

No Dia de Finados (02/11), portanto, foi cancelada a Audiência Geral que o Pontífice realiza todas as quartas-feiras na Praça S. Pedro.

Foi a primeira vez que o Papa celebrou no cemitério de Prima Porta. Nos anos anteriores, a celebração foi feita no Cemitério Verano, em Roma.

Em sua homilia, o Papa refletiu sobre a figura de Jó que estava na escuridão, na porta da morte. Naquele momento de angústia, de dor e sofrimento, Jó proclama a esperança: “Sei que o meu redentor está vivo, eu o verei e meus olhos o contemplarão”.

“O Dia de Finados tem esse duplo sentido: primeiro, o sentido da tristeza. O cemitério é triste, nos lembra os nossos entes queridos que morreram e nos recorda o futuro: a morte. A esta tristeza nós trazemos flores como sinal de esperança”, segundo sentido.

“Esta tristeza se mistura com a esperança. É o que todos nós sentimos hoje nesta celebração. A recordação de nossos entes queridos e a esperança”, disse Francisco.

“Mas também sentimos que essa esperança se ajuda porque também nós devemos fazer este caminho, todos nós, antes ou depois, mas todos. Com dor, mais dor ou menos dor, mas com a flor da esperança. Com aquele fio forte ancorado ao lado de lá. Esta âncora, a esperança da ressurreição não decepciona.”

“Quem percorreu primeiro este caminho foi Jesus. Nós percorremos o caminho que Ele percorreu. Com a sua Cruz ele nos abriu a porta da esperança, nos abriu a porta para entrar onde contemplaremos Deus”.

“Voltemos para casa hoje com esta recordação do passado, de nossos entes queridos que morreram, mas com um olhar para o futuro, para onde iremos, confiantes nas palavras de Jesus: “Eu o ressuscitarei no último dia”, concluiu Francisco.

Depois da missa, ao regressar ao Vaticano, Francisco se dirigiu à Cripta vaticana para um momento de oração particular pelos Pontífices falecidos.

Já na sexta-feira (04/11), o Papa celebrará no Altar da Cátedra da Basílica vaticana a Santa Missa em sufrágio dos Cardeais e Bispos mortos no decorrer do último ano. Esta celebração não será transmitida pela Rádio Vaticano.

Rádio Vaticano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: