Sofrer as demoras de Deus

relRapidez e agilidade é o lema de muitas pessoas e até empresas, pois ninguém quer perder tempo, já que ele é precioso, mas o Senhor nos diz:

“Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação; humilha teu coração, espera com paciência, dá ouvidos e acolhe as palavras de sabedoria; não te perturbes no tempo da infelicidade, sofre as demoras de Deus; dedica-te a Deus, espera com paciência, a fim de que no derradeiro momento tua vida se enriqueça (Eclesiástico 2, 1-3) ”.

Para muitas pessoas essas palavras parecem estar fora da sintonia de seu cotidiano, afinal não é fácil viver a justiça e o temor, quanto mais preparar-se para sofrer, isso parece uma loucura. No entanto, nossas vidas, por muitas vezes, são permeadas por situações difíceis de resolver e até mesmo pelo sofrimento. Nesse sentido, as sábias palavras da escritura nos parecem a receita ideal para enfrentar as adversidades. O Senhor ainda nos fala da espera com paciência, virtude difícil de se praticar, já que vivemos no mundo do “fast food” (comida pronta e rápida, mas prejudicial à saúde). Estamos acostumados à pressa do dia a dia, o ônibus ou transporte que atrasa ou apresenta algum inconveniente já é motivo de estresse, mas tudo isso faz parte da dinâmica da vida, não podemos deixar que essa pressa venha envenenar as nossas vidas, pois é preciso saber esperar, sobretudo o tempo de Deus.

Muitas pessoas angustiam-se por não conseguir aquilo que querem na hora esperada, mas é necessário saber compreender que estamos diante das “demoras de Deus”. Tomemos como exemplo o caso das frutas que amadurecem por processos mais rápidos, alguns até forçados, geralmente elas perdem um pouco da qualidade e do sabor, diferente da fruta que amadurece naturalmente, assim é com o cristão…

Esperar o tempo de Deus não é fácil na realidade em que vivemos, pois o senso comum nos diz que “quanto mais rápido melhor”, mas a demora de Deus é acompanhada de uma promessa: o enriquecimento da vida, pois o tempo de espera nos educa e aproxima de Deus.

Mas adiante a escritura nos diz:

“Vós, que temeis o Senhor, esperai nele; sua misericórdia vos será fonte de alegria. Vós, que temeis o Senhor, amai-o, e vossos corações se encherão de luz. Considerai, meus filhos, as gerações humanas: sabei que nenhum daqueles que confiavam no Senhor foi confundido. Pois quem foi abandonado após ter perseverado em seus mandamentos? Quem é aquele cuja oração foi desprezada? Pois Deus é cheio de bondade e de misericórdia, ele perdoa os pecados no dia da aflição. Ele é o protetor de todos os que verdadeiramente o procuram (Eclesiástico 3, 9-13).

 Quanto consolo nessas palavras, pois Deus nos promete a sua misericórdia e nós sabemos que aqueles que nele esperam, perseverando em suas orações, não são desprezados. Deus acolhe nossas orações, sonda os nossos corações e derrama sua graça no tempo oportuno.

Aprendamos a confiar na misericórdia de Deus, pois Ele é um Pai amoroso que cuida de seus filhos, sem jamais os esquecer. Peçamos perdão ao Pai por toda nossa impaciência, pelo desespero nas horas de aflição e roguemos a Ele que venha nos ensinar a ter paciência. Amém!

Macileide Passos Alves

(Missionária – Comunidade Mãe Imaculada)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: