São Jorge é um santo católico?

Resultado de imagem para são Jorge

São Jorge é retratado como soldado sobre
seu cavalo, lutando contra o dragão.
O dragão simboliza a idolatria que mata
inocentes e causa destruição.
A idolatria é vencida pelas armas da fé,
símbolo da lança na mão de São Jorge.

Os santos foram aqueles que viveram a radicalidade do amor a Cristo, traduzido, acima de tudo, no amor aos pobres e no testemunho da fé feito com a própria vida. Entre os santos temos inúmeros mártires, que são aqueles que morreram pela fé. Aceitaram passar pela morte do corpo, mas não perderam aquilo que dava esperança de vida: a fé em Jesus Cristo.

Entre os vários mártires dos primeiros séculos da Igreja temos São Jorge. Muitas histórias se criaram em torno deste Santo. Mas o que se destaca é o testemunho de sua fidelidade a Jesus Cristo. São Jorge é tão importante na história da fé cristã que ele é venerado tanto pela Igreja Romana, como pela Igreja Ortodoxa e pela Igreja Anglicana. Por isso, São Jorge não só é santo católico, como é um grande santo da nossa Igreja, modelo a ser seguido pelo seu testemunho de fé e fidelidade a Cristo. Vamos olhar um pouco a história de vida deste nosso santo.

São Jorge nasceu em 275 na Capadócia – Turquia. Ainda criança mudou-se para a Palestina com sua mãe, após seu pai ser morto em batalha a serviço do império romano. Quando jovem entrou para o exército romano e por suas habilidades e competência tornou-se capitão do exército e, mais tarde, guarda pessoal do Imperador Diocleciano.

Como cristão, sempre lhe incomodou a forma como o império romano tratava os que acreditavam em Jesus Cristo e sempre procurava amenizar o sofrimento daqueles que eram perseguidos e torturados por causa da fé. Após a morte de sua mãe, doou toda herança que tinha para os pobres.

Diocleciano, em 302, publicou um edito que mandava prender todo soldado romano que se declarasse cristão. Após ver este decreto, São Jorge foi diante do imperador e declarou sua fé em Jesus Cristo. O imperador, por admirar muito suas habilidades como soldado, tentou destruir sua fé, oferecendo a ele terras e muito dinheiro. Mas São Jorge não aceitou abandonar a Cristo, seu verdadeiro tesouro, para ficar com bens materiais. Não tendo conseguido persuadi-lo com bens materiais, o imperador mandou tortura-lo, pensando que sofrendo a dor no corpo deixaria a fé presente em sua alma. Porém, mesmo diante de terríveis torturas e flagelos, São Jorge continuava se apresentando diante do imperador como sendo de Cristo. Então Diocleciano mandou degolá-lo no dia 23 de abril de 303, em Nicomédia, na Ásia Menor.

A fama de sua fé e de sua fidelidade a Cristo foram crescendo cada vez mais no coração dos cristãos. Constantino, primeiro imperador a aceitar os cristãos, mandou erguer um grande oratório onde São Jorge foi sepultado, na cidade de Lida, na Palestina. No século V já havia 5 igrejas em Constantinopla dedicadas a São Jorge. No Egito, nos primeiros séculos após sua morte, construíram 4 igrejas e 40 conventos dedicados ao mártir São Jorge.

Paulo VI, em 1969 reformou o calendário da celebração dos Santos, e a memória de São Jorge passou a ser facultativa. Porém nas comunidades de onde ele é Padroeiro, sua memória é celebrada como festa litúrgica. Ele é Padroeiro da Inglaterra, de Montenegro, Etiópia etc. São Jorge é também padroeiro das cidades de: Londres, Barcelona, Gênova, Moscou e Beirute. No Brasil há muitas igrejas dedicadas a São Jorge, paróquias e comunidades.

A imagem de São Jorge vem repleta de simbolismos. Ele aparece como soldado sobre seu cavalo, lutando contra o dragão. O dragão simboliza a idolatria que mata inocentes e causa destruição. A idolatria é vencida pelas armas da fé, símbolo da lança na mão de São Jorge.

ORAÇÃO:

Oh! Glorioso Guerreiro São Jorge, eu te suplico confiante que serei atendido, neste momento difícil da minha vida, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, com Vossa Espada de Luta, venha cortar todo mal que possa atingir minha vida.

Com a força do teu poder de defesa, eu me coloco na proteção do teu escudo, para combater o bom combate contra todo mal ou influência negativa que estiver em meu caminho. Amém.

São Jorge Cavaleiro, guiai-me! São Jorge Guerreiro, defendei-me! São Jorge Mártir, protegei-me!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: