Estes gêmeos sobreviveram graças à Virgem: Agora ele é sacerdote e ela religiosa

Votos

Um diagnóstico de pneumonia deixou à beira da morte os irmãos gêmeos, Mónica e Cristian Moya, mas, depois que sua mãe os consagrou à Virgem Maria, conseguiram sobreviver. Agora, ele é sacerdote e ela acaba de fazer a sua profissão perpétua como religiosa.

Os gêmeos nasceram no dia 15 de janeiro de 1974, na província de San Antonio, Região de Valparaíso, no Chile.

Em entrevista ao Grupo ACI, a Irmã Mónica recordou: “Quando completamos 40 anos, a minha mãe nos revelou que quando tínhamos meses de vida ficamos em estado muito grave no hospital”.

Sofriam de um caso grave de pneumonia desde os 3 meses e os médicos informaram aos seus pais, Eliseo Moya e Teodora Huerta, “que uma transfusão de sangue seria a última tentativa que fariam para a nossa recuperação”.

A mãe, que já havia perdido o seu primeiro filho com 1 ano por um problema cardíaco, decidiu consagrar os seus filhos à Virgem Maria, sob o título de Nossa Senhora Puríssima do Vásquez, muito conhecida e querida no Chile.

“A minha mãe diz que a única coisa que lhe veio à mente foi nos consagrar à Virgem e nos entregar em suas mãos. Depois disso, nos recuperamos”, disse a religiosa.

Este acontecimento impressionou o coração da religiosa, que afirmou que, “talvez, podemos ver isso como uma coincidência, mas agora um de seus filhos é sacerdote e a outra é religiosa, é como se a Virgem Maria tivesse levado a sério a sua palavra”.

Outro detalhe, acrescentou a religiosa, é que o seu irmão sacerdote “estudou no seminário que fica ao lado do Santuário” de Nossa Senhora Puríssima do Vásquez, o mesmo templo onde a sua mãe implorou pela recuperação dos seus filhos.

A Irmã Mónica Moya entrou aos 30 anos para a Congregação Filhas de Santa Maria da Providência, fundada por São Luis Guanella.

Para a religiosa, o oferecimento da sua mãe “me marcou muito e me fez pensar que o Senhor me guiou por este caminho, no qual sem perceber, meus pais também contribuíram através da oração, da formação cristã deles como casal”.

Além da Virgem Maria, a vocação da religiosa também está fortemente ligada à figura de São José, padroeiro da sua congregação e cuja solenidade coincide com o dia em que entrou no postulantado, depois do noviciado, e também quando fez os primeiros votos.

Por esta razão, a religiosa quis realizar os seus votos perpétuos em 19 de março, festa de São José, em uma celebração que foi ainda mais especial, por ter sido presidida pelo seu irmão gêmeo, Pe. Cristian Moya.

Embora geralmente quem preside este tipo de cerimônias seja um Bispo, a Irmã Mónica recebeu permissão das suas autoridades para que o seu irmão presidisse a Missa dos seus votos perpétuos.

A cerimônia aconteceu na cidade de San Antonio, na paróquia de Santa Luíza de Marillac, onde os irmãos deram os seus primeiros passos na fé e onde o Pe. Cristian celebrou a sua primeira Missa depois de ter sido ordenado sacerdote diocesano.

Um dos momentos mais especiais da celebração foi quando o Pe. Cristian colocou as mãos sobre a sua irmã e ela fez sua profissão.

Depois da consagração, seu irmão gêmeo foi o primeiro a abraçá-la e, em seguida, seus pais que estavam emocionados e seu outro irmão.

Para a Irmã Mónica, a sua vocação é “um presente e um milagre, porque há coisas realmente inexplicáveis. Interiormente senti que é uma coisa que superou tudo o que o meu pensamento pode entender, é uma graça muito especial que me ajuda a dizer sim todos os dias”.

ACI digital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: