Blog Comunidade Mãe Imaculada

Juazeiro reativa Filarmônica 1º de Maio

A Prefeitura de Juazeiro, mediante ação da Secretaria de Igualdade, Assistência Social e Cultura (Seiasc), adquiriu 160 instrumentos para o PROJOVEM Adolescente. Essa iniciativa do município visa oferecer maior qualidade na aprendizagem dos alunos que participam das oficinas musicais do Programa, as quais são ministradas por profissionais capacitados.

Foram comprados 30 violões, 60 flautas, 30 pandeiros, 30 pandeirolas e 10 Cajons, que serão utilizados pelos instrutores na capacitação dos adolescentes. Os 12 núcleos do Programa são contemplados com oficinas de violão, percussão e flauta e a Associação dos Trabalhadores da Música do Vale do São Francisco é a entidade responsável pela metodologia aplicada.

A entrega simbólica dos instrumentos será feita nesta quarta-feira (11), às 16 horas, na Praça da Misericórdia, pelo prefeito Isaac e pelo secretário Crisóstomo Lima (Zó), com a participação dos mais de 400 alunos do PROJOVEM Adolescente.

Além da entrega dos 160 instrumentos ao PROJOVEM Adolescente, a solenidade marcará o resgate de um patrimônio da cultura juazeirense, a Filarmônica 1º de Maio, que teve o acervo recuperado pela Seiasc. Os 22 instrumentos de sopro totalmente reformados serão entregues ao Regente Gildinei Batista Lima, decretando oficialmente a reativação desse precioso bem cultural da cidade. O encerramento terá apresentações dos músicos instrutores do PROJOVEM Adolescente e da Filarmônica 1º de Maio.

CNBB

Anúncios

CONIC promove a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

O bispo da diocese de Chapecó (SC), dom Manoel João Francisco, foi escolhido, no último dia 12 de março, o novo presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC). Ele foi eleito durante a 14ª Assembleia Geral do Conselho, que aconteceu no Rio de Janeiro (RJ).

Na tarde de ontem, 10, ele foi um dos convidados a falar com a imprensa, na Coletiva de Imprensa da 49ª Assembleia Geral da CNBB, que acontece no Centro de Evento Padre Vitor Coelho, na cidade de Aparecida (SP).

O CONIC, que é composto pela Igreja Católica Apostólica Romana; Igreja Episcopal Anglicana do Brasil; Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e Igreja Presbiteriana Unida é uma associação fraterna de Igrejas que tem como finalidade a promoção do ecumenismo, ou seja, da unidade entre os cristãos e da união entre as Igrejas.

“Além disso, pretende também fazer com que essas Igrejas-membro se comprometam com as causas sociais e tomando a defesa dos direitos e das justiças”, disse o novo presidente da entidade.

Dom Manoel enfatizou a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos deste ano. O evento acontecerá nos dias5 a12 de junho em todo o Brasil. “Uma das atribuições do CONIC é unir os povos cristãos, em especial rezando juntos.

Então este ano, como de costume, a semana que antecede o Pentecostes no hemisfério sul, haverá a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. O tema deste ano é ‘Unidos no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações’. Então, neste trabalho de promover a Semana o CONIC a cada ano publica um livro com as orações de cada dia para ser celebrado nas comunidades, e enquanto possível, as Igrejas juntas”, explicou dom Manoel.

O novo presidente do CONIC afirmou também que o seu maior desafio, à frente do CONIC, será levar até as bases, toda a articulação necessária para um maior crescimento, tanto institucional, quanto ecumênico. “O CONIC é distribuído em 18 representações regionais e oito membros fraternos. Então, o nosso maior objetivo e o que faz a minha prioridade como presidente CONIC será priorizar as bases, articulando o trabalho e a vivência ecumênica, que já existem no Brasil, e incentivar mais o desejo ecumênico.

CNBB

Encontro pretende reunir fiéis em Petrolina

No próximo domingo (15) acontece o Encontro com Cristo, evento coordenado pelo grupo Alvorada, da Pastoral Familiar da Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Anjos, da diocese de Petrolina.

O evento será realizado nas dependências do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, durante todo o dia. A proposta é sensibilizar os jovens a conhecerem mais sobre a Bíblia e a história de Jesus e relacionar o aprendizado às suas vidas cotidianas. As inscrições podem ser feitas em horário comercial, nas igrejas Matriz e Catedral.

”A gente trabalha com um número de 60 jovens nesse encontro. Na verdade, gostaríamos de abraçar mais adolescentes, mas o número é limitado justamente para que possamos ter um trabalho mais específico”, enfatiza o coordenador do Alvorada, Gilmário Melo.

Podem participar jovens com idades entre 13 e 15 anos. Os egressos do Encontro com Cristo serão introduzidos, posteriormente, ao Grupo Alvorada, que conta hoje com 120 jovens.

”Nossas atividades consistem em encontros mensais, onde abordamos várias temáticas, a exemplo da família, violência, dentre outros, mostrando como esses jovens podem se direcionar à luz da Bíblia, como podem crescer como verdadeiros cristãos. Também realizamos visitas com ações variadas em instituições de caridade, damos suporte a vários trabalhos da igreja. No quarto sábado do mês, por exemplo, a missa da matriz é toda organizada pelos jovens”, explica Gilmário Melo.

NE10

Bispos dos EUA pedem ante o Senado pelos mais pobres em debate sobre orçamento

Os bispos dos Estados Unidos enviaram uma carta ao Senado dos Estados Unidos na que recordam que “a medida moral do debate sobre o orçamento não está dada pelo partido ganhador  ou quais interesses prevaleçam mas como serão tratados os que estão desempregados, famintos, sem lar ou os pobres”.

Na missiva, com data de 5 de maio, os bispos reconhecem as “decisões difíceis sobre como equilibrar as necessidades e os recursos e atribuir as cargas e os sacrifícios” que o Congresso e a Administração devem tomar, mas insistem em que as dimensões morais e humanas dessas decisões devem ser abordadas no debate orçamentário em curso no país.

A carta está assinada pelo Dom Stephen E. Blaire, Bispo de Stockton, Califórnia, presidente do Comitê Episcopal sobre a Justiça Nacional, e Dom Howard J. Hubbard, Bispo de Albany, Nova Iorque, presidente da Comissão de Justiça e Paz Internacional.

Na carta oferecem vários critérios morais apoiados na doutrina social católica para ajudar a guiar as decisões orçamentárias difíceis.

Embora os bispos não ofereçam uma crítica da totalidade das propostas detalhadas para o orçamento, pedem os senadores que tenham em conta a dimensão humana e moral ante as várias decisões importantes que enfrenta o Congresso.

“O acesso à atenção médica, que afirma a vida e a saúde segue sendo uma prioridade nacional urgente. Reconhecemos que os custos crescentes de Medicare, Medicaid e outros programas de benefícios devem ser abordados, mas insistimos a proteger as necessidades das famílias pobres, trabalhadoras e das pessoas vulneráveis”.

“As propostas para reduzir custos não devem limitar-se a transferir os custos de atenção de saúde do governo federal aos estados ou diretamente aos beneficiários”, pediram os bispos.

Acidigital

Bispos defendem beatificação de Zilda Arns

Durante a coletiva desta terça-feira, 10, os bispos se mostraram favoráveis à abertura do processo de beatificação da Zilda Arns, a fundadora da Pastoral da Criança. A médica morreu durante o terremoto que atingiu o Haiti, em 2010, quando participava no país de um encontro com líderes religiosos para iniciar os trabalhos da pastoral entre as crianças haitianas.

“Depois de cinco anos*, eu serei um ardoroso defensor da causa de beatificação da Drª. Zilda Arns”, declarou o Bispo Emérito de Blumenau (SC), Dom Angélico Sândalo. O bispo denonimou a médica como um “trator de Deus” pela sua dedicação e doação pelo Evangelho. 

O Cardeal Arcebispo de São Paulo (SP), Dom Odilo Pedro Scherer, ressaltou que ela morreu em missão de paz e explicou ainda que o processo é aberto na diocese onde a pessoa morreu, no caso Porto Príncipe. Contudo, evidentemente, que será solicitado ao bispo local que o processo tenha início no Brasil.  

Nova evangelização

“A Igreja Católica não está apagando a sua chama”. Com esta o Arcebispo de São Paulo reforçou o trabalho da Igreja em todo mundo de anunciar a Palavra de Deus e destacou a criação do novo Pontifício Conselho para a Nova Evangelização no ano passado.

Dom Odilo, que é membro do novo Pontifício Conselho, declarou também que o organismo, sem dúvida nenhuma, se valerá das novas tecnologias como meio de evangelização, conforme frisou o Papa Bento XVI na mensagem para o Dia Mundial das Comunicações deste ano.

“A internet está, sem dúvida, entre os novos modos de evangelizar, nos novos espaços de encontro e interação entre as pessoas. Mas, quanto às decisões específicas é precoce ainda lançar afirmações porque não fizemos a reunião ainda”, adiantou o arcebispo ao mencionar a primeira reunião do dicastério no fim deste mês.

Canção Nova

Mais de 300 mil jovens já estão inscritos para a JMJ 2011

Mais de 300 mil jovens já inscritos para a JMJ 2011. Foto de arquivo

Faltando menos de 100 dias para o início da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Madri, Espanha, cerca de 340 mil jovens de mais de 170 países já se inscreveram para o encontro que acontecerá entre os dias16 a21 de agosto com o Papa Bento XVI.

Segundo o Comitê Organizador da Jornada, os trabalho de preparação em Madri entram em sua reta final. O diretor executivo da JMJ 2011, Yago dela Cierva, recordou que em janeiro deste ano deixou-se a fase de planejamento para começar a implementação dos planos realizados de acordo com a Santa Sé e com as três administrações públicas envolvidas.

O diretor explica que para confrontar todos os preparativos com a necessária dedicação, sete departamentos se dividiram em 16 áreas operativas envolvendo “muitas pessoas, a maioria delas voluntários de tempo integral ou parcial”.

O objetivo principal, para os organizadores, é “que os jovens encontrem em Madrid uma cidade acolhedora e passem dias inesquecíveis”.

Yago dela Ciervaindicou também que o selo desta JMJ será jovial e ao mesmo tempo mostrará a cultura e a religiosidade espanhola. “Tudo deve estar enraizado nos 20 séculos de tradição católica deste país”, ressalta.

A JMJ de Madrid terá início no dia 16 de agosto com uma Missa inaugural seguida de diferentes atos até a chegada do Papa no dia 18, na Praça de Cibeles.

Durante esses dias, Santo Padre terá também encontros com professores universitários, religiosas, seminaristas, voluntários, deficientes físicos e enfermos.

Enquanto isso, o programa cultural da JMJ ocupará as ruas e os diversos cenários que oferece a capital espanhola com mais de 300 atividades. Assim, museus como O Prado serão cenários de exposições e itinerários pictóricos.

As catequeses ocorrerão entre os dias 17 e 18 de agosto em mais de 200 igrejas de Madrid, onde bispos de todo mundo se encontrarão com os jovens.

Como parte dos preparativos, neste domingo, 8, foi realizado um encontro com famílias que acolherão os jovens e voluntários, no Madrid Arena.

Canção Nova

Dom Leonardo Steiner é o novo secretário da CNBB .

O bispo da Prelazia de São Felix (MT), dom Leonardo Ulrich Steiner, é o novo secretário geral da CNBB. Ele foi eleito no primeiro escrutínio, realizado no final da última sessão de trabalhos da 49ª Assembleia da CNBB, na manhã desta terça-feira, 9.

Dom Leonardo recebeu 202 votos dos 268 votantes. Os dois terços requeridos para a eleição eram de 179. O segundo colocado foi o bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG), dom Joaquim Giovani Mol Guimarães com 33 votos.

Desde 1979 não era eleito para secretário geral um bispo diocesano e virou, na CNBB, quase uma tradição eleger um bispo auxiliar para o cargo.

Com a eleição de dom Leonardo, fica completa a nova Presidência da CNBB. Ontem, o arcebispo de Aparecida, cardeal Raymundo Damasceno, já havia sido proclamado presidente da CNBB com 196 votos. Hoje, pela manhã, a Assembleia elegeu o arcebispo de São Luís, dom José Belisário da Silva, vice-presidente.

A nova Presidência toma posse na sexta-feira, 13, na sessão de encerramento da 49ª Assembleia da CNBB, quando atenderá à imprensa. O mandato da nova Presidência é de quatro anos (2011-2015).

Dom frei Leonardo Ulrich Steiner

É bispo prelado de São Félix (MT), nasceu em 1950, em Forquilhinha (SC). Ele teve sua ordenação presbiteral em 1978, em Forquilhinha e episcopal em Blumenau (SC).

Dom Leonardo estudou Filosofia e Teologia no Instituto Franciscano de Filosofia e Teologia da Província Franciscana da Imaculada Conceição, em Petrópolis (RJ).

O bispo prelado de São Félix já foi professor e orientador educacional no colégio dos Meninos Cantores de Petrópolis; mestre dos postulantes, professor e orientador educacional no Seminário Santo Antônio, mestre dos Noviços e mestre dos Irmãos de profissão temporária, vigário paroquial junto às paróquias de São Benedito, Guaratinguetá, São Paulo Apóstolo, Agudos e São Francisco (todasem São Paulo) e Rodeio (SC).

Foi secretário para a Formação e Estudos da Província da Imaculada Conceição, conselheiro espiritual das equipes de Nossa Senhora. Vigário paroquial da paróquia do Senhor Bom Jesus dos Perdões, na arquidiocese de Curitiba (PR) e professor na Faculdade de Filosofia São Boaventura, da Associação Bom Jesus.

Seu lema episcopal é: “Verbo feito de carne”.

CNBB